Doentes urgentes de Loures e Montijo esperam quatro vezes mais do tempo recomendado

Doentes urgentes de Loures e Montijo esperam quatro vezes mais do tempo recomendado
O pior parecia ter passado, neste sábado à tarde, em dois dos maiores hospitais da região de Lisboa, como o Hospital Beatriz Ângelo em Loures ou o Amadora-Sintra, que voltou a receber doentes trazidos pelo INEM, depois de o plano de contingência activado na sexta-feira ter sido suspenso.

Contudo, uma dezena de unidades hospitalares, entre as maiores e aqueles que disponibilizam os tempos médios de espera no portal do Ministério da Saúde, ultrapassavam os tempos recomendados de 60 minutos para situações urgentes. Este cenário já era visível às 19h, mas agravou-se, e às 20h, em pelo menos dois hospitais, Loures e Montijo, o tempo real de espera, calculado como média das duas horas imediatamente anteriores, era o quádruplo do recomendado – quatro horas em Doentes urgentes de Loures e Montijo esperam quatro vezes mais do tempo recomendado vez dos 60 minutos previstos para doentes com a pulseira amarela, em situação considerada urgente, logo a seguir à laranja (muito urgente) e vermelha (emergente).

Em Penafiel, no Hospital Padre Américo, era de três horas; no Hospital São Francisco Xavier em Lisboa, era de duas horas e meia; em Vila Franca de Xira, o tempo médio de espera era de duas horas e 20 minutos também para casos urgentes; no São João do Porto já chegava também às duas horas, e estavam mais de 30 pessoas a aguardar o médico, depois da triagem; também Évora (com duas horas), Santarém (uma hora e 50 minutos) e Torres Novas (uma hora e meia) estavam entre os hospitais onde a situação se agravou mais ao longo do dia; Torres Vedras vivia uma situação mais preocupante com tempos de espera de uma hora e meia para casos muito urgentes.

 

Fonte: Público, 6 de janeiro 2019

7 de janeiro de 2019

Name:
Email:
Subject:
Message:
x
Eventos
«janeiro de 2019»
segterquaquisexsábdom
31123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031123
45678910
Alertas por email (RSS)
Subscreva todas as Notícias e Actividades da Secção Regional do Sul da Ordem dos médicos via RSS. Clique aqui e conecte com o seu email.
Em alternativa pode subscrever cada categoria individualmente clicando no respectivo ícone cor-de-laranja.
Arquivo de Notícias

Arquivo