Preocupação com resposta aos doentes dos CSP

Preocupação com resposta aos doentes dos CSP

O presidente do Conselho Regional do Sul da Ordem dos Médicos, acompanhado pela vogal Isabel Santos, especialista em Medicina Geral e Familiar, reuniu-se com médicos de três USF do Alentejo, em Montemor-o-Novo, Évora e Beja, a 21 de maio, ao longo de todo o dia.
Estas reuniões e visitas foram as primeiras de um ciclo que continuará em unidades do distrito de Setúbal, da zona de Cascais, Oeiras e Lisboa e também do Algarve.
A iniciativa do Conselho Regional do Sul visa ouvir os médicos dos CSP, que enfrentaram a pandemia na primeira linha, com dificuldades de resposta a doentes não covid que e estão agora preocupados com a retoma, que parece também não estar à altura das necessidades imediatas.
Alexandre Valentim Lourenço lamentou na primeira reunião do dia, que "a pandemia não tenha ensinado nada aos dirigentes da saúde", por isso considerou ser "essencial" ouvir os médicos, as suas propostas e encontrar formas de a Ordem poder ajudar na recuperação dos cuidados.
Nas três reuniões, os profissionais queixaram-se unanimemente das dificuldades de acompanhar os seus doentes, uma vez que se desdobram em tarefas de trace covid e, mais recentemente, de vacinação, sem que se vislumbre um novo período em que se recupere toda a normalidade dos Cuidados de Saúde Primários.


21 de maio de 2021

Eventos
«julho de 2021»
segterquaquisexsábdom
2829301234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930311
2345678
Categorias

Categorias

Arquivo de Notícias

Arquivo