SNS não aguenta pico acima do registado em abril

SNS não aguenta pico acima do registado em abril

1200 pessoas internadas e 300 doentes em cuidados intensivos é o limite que não pode ser superado, dizem peritos.
Com o país a abrir portas, a possibilidade de uma segunda onda de contágio é real. E para fazer soar o alarme a tempo de não ultrapassar a capacidade do SNS, os peritos que apoiam o Governo estão a monitorizar seis indicadores e a simular novas ondas de tamanhos e durações diferentes para medir o seu impacto nos hospitais. Um total acumulado de 30 mil novos casos ao longo de dois meses poderá resultar, a meio dessa onda, num pico de cerca de 1200 internamentos em simultâneo e 300 doentes em cuidados intensivos: um cenário semelhante ao ponto mais alto registado em meados de abril. Apesar de ainda deixar alguma folga na taxa de ocupação, é esse o limite que os especialistas não querem que seja ultrapassado. Para o evitar é preciso saber com antecedência se o país está a entrar nesse caminho e é esse o trabalho que os peritos estão a preparar para apresentar ao Governo esta semana.

 

Fonte: Expresso online, 9 Maio 2020

9 de maio de 2020

Eventos
«dezembro de 2023»
segterquaquisexsábdom
27282930123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
1234567
Categorias

Categorias

Arquivo de Notícias

Arquivo